Mulher fica 5 horas refém do marido em Valinhos-SP

A operadora de máquinas Adriana Regina de Paula foi feita refém pelo marido, o ajudante de acabamento Luiz Cláudio Rodrigues da Costa, durante cinco horas em Valinhos, cidade paulista a 85 quilômetros da capital do Estado. Segundo informações da Delegacia de Defesa da Mulher da cidade, Adriana contou que foi espancada durante toda a madrugada.

Agência Estado |

Avisada por meio de denúncia anônima, a Polícia Militar (PM) cercou a casa e fechou a rua da residência do casal, no Jardim São Pedro.

Durante a negociação com a PM, Costa afirmou que a briga ocorreu porque a mulher o traía. Na presença da polícia, ele jogou álcool no corpo de Adriana e abriu a torneira do botijão de gás da casa. Com um isqueiro, ele ameaçou colocar fogo na mulher e explodir sua residência. Policiais informaram que o homem apareceu na janela da casa, com uma faca encostada no pescoço da vítima.

A negociação terminou com a liberação da refém, que foi encaminhada ao Centro de Atendimento de Urgência de Valinhos e levada, posteriormente, à Delegacia da Mulher. O marido, de 34 anos, se entregou e foi detido por lesão corporal, ameaça e cárcere privado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG