SÃO PAULO - T.J.C.C, de 53 anos, é suspeita de ter mandado matar o marido de sua filha após uma discussão ocorrida no último sábado, dia 3. O corpo da vítima foi encontrado por policiais militares na madrugada de segunda-feira dentro de uma carroça que era puxada por dois homens, no Jaguaré, zona oeste da capital.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, policiais militares faziam patrulhamento pela avenida Engenheiro Billings, quando perceberam que os homens demonstraram inquietação e tentaram fugir ao avistar a polícia. Diante da atitude suspeita, eles foram abordados.

Na carroça, os policiais encontraram o corpo do homem enrolado em um tapete. Os policiais plantonistas descobriram a identidade da vítima e localizaram um boletim de ocorrência contra ele, que havia sido feito por sua sogra, T.

Chamada a depor, T. chegou à delegacia acompanhada da filha, que, segundo a polícia, ao ser ouvida, disse que sua mãe era a "autora intelectual"  do assassinato.

A mulher e o pintor U.O.A, de 34 anos, foram presos em flagrante por duplo homicídio e o funileiro A.L.N., de 19 anos, por ocultação de cadáver.

Leia mais sobre: violência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.