SÃO PAULO - A passageira A.M.S., de 27 anos, foi presa na noite desta quarta-feira acusada de transportar duas mil balas para fuzil. Ela estava em um ônibus que seguia pela rodovia Presidente Dutra, em São Paulo.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um ônibus da viação Expresso do Sul, que fazia o itinerário de São Paulo/Rio de Janeiro, foi abordado na altura do km 204 da via Dutra, no município de Arujá, durante uma fiscalização de rotina.

Na abordagem a polícia encontrou a passageira A.M.S. com duas mochilas contendo 43 caixas com projéteis para fuzil calibre 762 mm.

AE

Munições apreendidas com passageira de ônibus na rodovia Presidente Dutra

Conforme a polícia, ela disse que foi paga para transportar o carregamento até o Estado do Rio de Janeiro, onde haveria uma pessoa esperando pela bagagem na rodoviária Novo Rio.

Outro passageiro, suspeito de estar envolvido no mesmo crime, também foi preso. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil em Arujá, São Paulo.

Assista ao vídeo sobre o caso:

Leia mais sobre: tráfico

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.