Mulher é condenada por matar namorado em Minas

Segundo o Tribunal de Justiça, ela temia que ele contasse à sua família que ela era usuária de drogas

AE |

selo

O Tribunal do Júri de Contagem (MG) condenou ontem uma mulher de 27 anos a 16 anos de prisão pelo assassinato do namorado, em março de 2003. A pena, por homicídio triplamente qualificado, deve ser cumprida em regime inicialmente fechado. O julgamento, que durou sete horas e terminou às 20 horas de ontem, foi presidido pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues.

Conforme a denúncia, o crime ocorreu em 15 de março de 2003, na região da Várzea das Flores, em Contagem. No dia anterior ao crime, Maura Gracielle Martins e o monitor de esportes Weberson Amaral Resende compraram diversos artigos, entre eles, algemas.

Na tarde do dia 15, os dois foram para uma lagoa com o carro da mãe da vítima, após comprarem bebida alcoólica. No local, os namorados mantiveram relações sexuais e Maura usou drogas. Em seguida, ela atingiu o namorado, que estaria algemado, com pedradas na cabeça e passou o carro sobre o corpo dele. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), Maura temia que o namorado revelasse à sua família que ela era usuária de drogas.

    Leia tudo sobre: drogacrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG