Mulher de 39 anos recebe coração de Eloá

Uma mulher de 39 anos, portadora de cardiopatia congênita, foi a primeira a receber um dos órgãos doados pela família da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, na manhã de hoje. O coração chegou na madrugada de hoje ao Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, na zona sul da capital paulista,e o procedimento para transplante teve duração de mais de cinco horas, segundo o hospital.

Agência Estado |

Outros dois órgãos da adolescente foram para o hospital: pâncreas e rim. Ainda não há informações sobre os demais receptores. O hospital deve divulgar ainda hoje informações sobre o estado de saúde da mulher que recebeu o coração.

Eloá foi mantida 101 horas em cárcere privado pelo ex-namorado, Lindembergue Fernandes Alves, de 22 anos. Ele invadiu o apartamento da adolescente na segunda-feira da semana passada e fez reféns a jovem e três amigos. Dois rapazes foram liberados ainda na noite de segunda e, na noite de terça, a amiga Nayara, também de 15 anos, foi libertada. Ela retornou ao cativeiro na quinta-feira e, na sexta, quando Lindembergue disparou contra Eloá, também foi atingida por um tiro. Ela ainda está hospitalizada, mas, segundo os médicos do Centro Hospitalar, apresenta "bom quadro evolutivo".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG