Mulher consegue anular o casamento ao descobrir que o marido era pedófilo

RIO DE JANEIRO ¿ Desembargadores da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio aceitaram o recurso da mulher que pediu a anulação de seu casamento ao descobrir cerca de um mês após o matrimônio que o marido era pedófilo.

Redação |

O casamento aconteceu em novembro de 2004 e o flagrante que deu origem à anulação da união aconteceu em janeiro de 2005. De acordo com a mulher, o marido foi flagrado em ato libidinoso com uma menina de quatro anos de idade.

A mãe da criança afirmou que o homem era seu vizinho e sempre brincava com a menina, que possuía muito carinho por ele. A mãe da garota também disse que a filha sofre até hoje com a prisão do vizinho, sentindo-se abandonada.

A relatora do processo, desembargadora Teresa de Andrade Castro Neves, ressaltou, em seu voto, que "os pedófilos, como doentes que são, necessitam de cuidados porque creem que estão fazendo bem às crianças. Ainda segundo a desembargadora, o flagra da esposa configura-se um erro conhecido após o matrimônio capaz de tornar a vida a dois insuportável.

Veja também:

Leia mais sobre: abuso infantil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG