Muito além do manequim

Muito além do manequim Por Cristiana Vieira Quando terminou o namoro, a criadora do blog Mulherão (http://mulherao.wordpress.

Agência Estado |

com) - que trata de beleza, saúde e intimidades de mulheres que vestem manequins maiores que 44 -, Renata Poskus Vaz, recebeu um ultimato do ex: "tire nossas fotos do Orkut." Quando excluiu as imagens, ela se deu conta de que não tinha um único registro sozinha. "Os gordinhos sempre se escondem atrás de alguém na hora da fotografia", brinca.

Diante da situação, e com gana de mostrar ao ex tudo o que ele perdera, Renata decidiu montar um book profissional e convidou outras amigas virtuais de comunidades "pluz size" para participar. A receptividade foi tão boa que "fizeram uma vaquinha" para pagar maquiador, cabeleireiro e fotógrafo, e ainda convidaram a modelo Andréa Boschim - de moda GG - para dar dicas de poses que valorizam o que cada uma tem de melhor. Quando se deu conta, tinha criado o Dia de Modelo Pluz Size.

Nesse dia, belas, vaidosas, sexies, ousadas e bem-humoradas mulheres de peso (vale o trocadilho), de todas as idades, se reúnem em um estúdio na Vila Madalena, na zona oeste de São Paulo, para ter seu dia de Cinderela. Mesmo com toda a produção e investimento (cerca de R$ 400,00), as participantes gostam mesmo é da confraternização. "É um encontro de pessoas iguais, onde ninguém é julgada nem sofre preconceito. Serve até como uma terapia", diz Renata, que já ouviu das participantes que, depois do book, os maridos voltaram a sentir ciúme.

GULOSEIMAS
O cardápio do Dia de Modelo Pluz Size é uma atração à parte. Para o café da manhã, suco, café, biscoitos e torradas. Na hora do almoço, cachorro-quente e refrigerante. E sem economia. No último evento, que chegou à terceira edição, foram 130 salsichas e 60 pães. O detalhe é que tudo foi dividido entre as 14 participantes. "Mas temos de contar também o pessoal da produção e os acompanhantes da mulherada", pondera Renata.

O Dia de Modelo Plus Size já chegou ao Rio, e logo será reproduzido em Belo Horizonte, Salvador, Brasília, Paraná e Campo Grande. Para se ter uma ideia, o blog começou a ser abastecido em março. Em junho, havia 4.051 visitantes. "Em julho, mês do primeiro Dia de Modelo, tivemos 43 mil acessos. Em agosto, 67.225, e setembro fechou com 89.996", comemora.

No último encontro havia uma cinquentona recém-separada, uma quarentona que veio do interior de São Paulo - e, antes, tingiu os cabelos pela primeira vez na vida, para ficar mais bonita - e até uma moça toda tatuada, acompanhada do marido, que ficou babando com as fotos. Outra participante foi a jovem cabeleireira Caroline Valente, de 20 anos e com manequim 48, que nunca encarou seu peso numa boa. Desde os 15 anos faz todo o tipo de dieta, sem conseguir mantê-las. Hoje, do alto do seu 1,78 metro de altura e 107 quilos, decidiu se aceitar. Veio de Brasília, com a mãe, para participar do evento. "As meninas me incentivaram muito".

FATAIS
No grande dia, uma cuida da outra. E dicas para ficar bem na foto, como levar um body e uma cinta modeladora, não faltam. Se o destaque são os seios, exiba-os. Se é o perfil, faça uma bela pose. Até quem acha que tem o corpo desproporcional aprende a fazer uma foto que disfarce a imperfeição.

A autoestima da consultora de beleza Aislane Cristina Pereira Garcia, de 36 anos, tamanho 54, está lá em cima. "Estou me sentindo a gorda mais chique. Antes, me olhava como um patinho feio, mas agora sei que sou um mulherão", diz.

E os mulherões estão em alta. A revista de moda alemã Brigitte, anunciou que a partir de 2010 vai trocar as modelos magrelas pelas chamadas "mulheres reais". Na França, uma deputada lançou um projeto de lei para que as fotos dos editoriais de moda tragam uma legenda alertando sobre os riscos de saúde para quem sofre de magreza excessiva.

As meninas do blog mulherão explicam que não fazem apologia à obesidade. "Queremos que as gordinhas se aceitem e sejam felizes como são. Pior é desenvolver bulimia", diz Renata. Como diz a assistente do blog, Daniela Lima, as gordinhas são felizes porque comem chocolate!

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG