Múcio: disputa PT-PMDB no Senado não divide a base

O ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, disse hoje que a divergência entre PT e PMDB em relação à escolha de um candidato à Presidência do Senado não divide em hipótese nenhuma a base parlamentar do governo. Isso (o fato de haver divergência) mostra, na verdade, o fortalecimento dos dois partidos após as eleições (de outubro), afirmou Múcio.

Agência Estado |

Segundo ele, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem cuidado desse assunto permanentemente.

Múcio falou também sobre fidelidade partidária. Disse que, hoje, os políticos já assimilaram a determinação da Justiça Eleitoral que impede a troca de partido sem uma justa causa por considerar que o mandato pertence ao partido e não ao político. Mas, segundo o ministro de Relações Institucionais, "o desejo de todos, que vai ao encontro do que a Justiça pensa, é o de se abrir uma possibilidade de troca de partido." Múcio observou que existe um projeto tramitando no Congresso que prevê a possibilidade de troca quatro meses antes das eleições.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG