MTV aposta em interatividade para o VMB 2008

A internet é o mote da 14ª edição da cerimônia do Video Music Brasil (VMB), que será realizada no próximo dia 2 no Credicard Hall, na capital paulista. A própria coletiva de imprensa realizada hoje atestou isso.

Agência Estado |

Promovida pela MTV, reuniu o mestre-de-cerimônias Marcos Mion, o responsável pelo evento, Cacá Marcondes, e a revelação teen Mallu Magalhães - todos em um bate-papo virtual com acesso restrito aos jornalistas. Trata-se, na verdade, de uma interatividade que já vem sendo testada nas edições anteriores. Este ano, portanto, vem sedimentar a ferramenta? "Sedimentar é uma tendência mundial, e a MTV sempre esteve à frente", exaltou Mion. Para Marcondes, porém, não é para vender a imagem de que "quem faz o programa é o espectador. O que estamos propondo é mais do que isso".

Entre as ações desenvolvidas para impulsionar a participação do espectador está a possibilidade de ele "roteirizar" o programa. O apresentador Marcos Mion direciona a brincadeira, em um esquema de "você decide". "Terá sempre uma opção que vai entrar no programa e outra que vai perder", explica Marcondes. "Eu encaminho o espetáculo de acordo com o que a audiência escolher", completa Mion. "Surpresinhas", lembram Mion e Marcondes, estão sendo preparadas. "Mas nada que ninguém nunca tenha visto", diz o apresentador.

Internet de lado, um novo modelo está claro no VMB 2008. A idéia é apostar mais em shows do que nas categorias competitivas. Além das nove disputas - entre elas, Artista do Ano, Show do Ano e Revelação -, irão desfilar pelo palco nomes de peso da música internacional: Bloc Party e Ben Harper. E como conseguiram reunir essas atrações? Fácil: tanto a banda inglesa, quanto o músico americano estão com shows agendados na cidade em data próxima ao evento (Harper no About Us Festival, Bloc Party no Planeta Terra). "Os eventos não têm nada a ver com o VMB, mas é claro que eles ajudam na logística", reconhece Marcondes.

Além do esperado duo de Ben Harper com Vanessa da Mata, em "Boa Sorte/Good Luck" e de Pitty com a Cascadura, outros shows curiosos prometem render audiência (e risadas). Na onda do encontro que a MTV já proporcionou entre Paralamas do Sucesso e Calypso, o VMB reúne, em um de seus números, Chitãozinho e Xororó com o Fresno.

Entre os que sobem no palco para anunciar os vencedores, estão confirmados a modelo Caroline Ribeiro, a atriz Alice Braga, os esportistas olímpicos Fofão, Maureen Maggi e Cesar Cielo, além da revelação Mallu Magalhães. Esta última pouco falou durante a coletiva. Prestes a lançar CD, Mallu afirmou que as três indicações (Artista do Ano; Revelação; e Show do Ano) são "uma resposta ao seu trabalho". Disse ainda que ela e os mato-grossenses do Vanguart (com quem ela tem afinidade) representam "uma nova cena da música".

Premiação

A premiação ocorre dia 2 de outubro, no Credicard Hall. O 14.º VMB será transmitido pela MTV e pelo site (www.mtv.com.br). O hilário Marcelo Adnet (do programa "15 Minutos") fará intervenções entre os blocos, com paródias musicais. Encerra o evento o clipe 'Furfles Feeling', de Adnet, com uma seleção de artistas nacionais que inclui CPM22, Strike, Negra Li, Pitty, entre outros VJs da casa.

Como se pode ver, nomes como Skank e Paralamas já não figuram mais no VMB. "Há uma renovação", lembra Mion. Assim como no método da MTV, que há tempos deixou de priorizar o videoclipe em sua grade. "O VMB continua tendo espaço para os clipes, mas tentamos não ser mais só uma premiação, mas também uma premiação da música e da relação com a audiência".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG