Operação da PF prende 14 suspeitos de assaltos em Mato Grosso

Organização criminosa estava envolvida em assaltos a bancos e roubos a caixas eletrônicos, caminhões e cargas

AE |

selo

A Polícia Federal (PF) cumpriu nesta manhã 14 dos 15 mandados de prisão expedidos para a Operação Balista, que visa desarticular uma organização criminosa envolvida em assaltos a bancos e roubos a caixas eletrônicos, caminhões e cargas em Mato Grosso. Também foram expedidos 4 mandados de condução coercitiva e 18 de busca e apreensão para cumprimento nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Porto Espiridião, Tangará da Serra, em Mato Grosso, e na cidade de Tatuí, em São Paulo. Até as 10h30, os agentes haviam apreendido veículos, dinheiro, entorpecentes e munições.

O inquérito policial foi instaurado em outubro do ano passado, a partir de informações de que a organização criminosa seria formada por membros de uma família de Várzea Grande. O grupo teria relação com pelo menos 14 crimes praticados em Mato Grosso.

Os suspeitos vão responder pela prática dos crimes de quadrilha ou bando, roubo qualificado, furto qualificado, receptação, porte e fornecimento ilegal de arma de fogo, tráfico e associação para o tráfico de drogas, dentre outros crimes. Sete investigados que já se encontravam presos deverão ser ouvidos pelos delegados federais.

    Leia tudo sobre: mato grossooperaçãoassalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG