Em Mato Grosso, PM é flagrado transando com travesti em viatura

Ele e seu superior, que teria dado proteção ao ato, podem ser expulsos da corporação. "Eles estavam em serviço", diz corregedor

Helson França, iG Mato Grosso |

Dois policiais militares de Mato Grosso foram presos na noite do último sábado (19) após um deles, um soldado, ser pego em flagrante recebendo sexo oral de um travesti, dentro da viatura. O cabo que acompanhava o militar, por ser superior e supostamente ter sido conivente com a situação, também acabou preso.

"Eles foram flagrados por um tenente e irão responder a um Processo Administrativo Disciplinar, podendo ser exonerados da corporação", afirmou o corregedor da PM no Estado, Joelson Sampaio. “Para nós isso é muito grave. O agravante do sexo na viatura, independente do parceiro ser travesti ou mulher, vai pesar muito no Processo Administrativo. Eles estavam em serviço”, ressaltou Sampaio.

O fato aconteceu por volta das 22 horas, numa praça da capital. O tenente que passava pelo local ficou desconfiado ao ver a viatura parada e foi averiguar, dando voz de prisão aos dois militares logo que percebeu o que acontecia. Assustados, o cabo e o soldado dispensaram o travesti e fugiram na viatura. Eles foram indiciados por desobediência e corrupção passiva, já que o sexo oral seria uma forma do travesti pagar pela segurança recebida dos policiais.

De acordo com ocCorregedor, o cabo está detido no presídio militar de Santo Antônio de Leverger (34 quilômetros de Cuiabá) e o soldado, no 9º Batalhão.

    Leia tudo sobre: Mato GrossoPMtravesti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG