Vítima, de 25 anos, teria ameaçado assassino, de 28, com pistola de vacinar gado

Um homem de 28 anos é o principal suspeito de matar a facadas um colega de 25 anos na madrugada de sábado para domingo na cidade de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, no Mato Grosso.

Leia mais: Homens tentam assaltar festa de filho de policial e são mortos no Rio

De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Vando da Silva, de 25 anos, dormia quando o suspeito invadiu sua casa por volta das 5h e cometeu o homicídio. Preso, o suspeito nega que tenha sido ele o autor das facadas.

Segundo a polícia, a discussão entre os dois teria ocorrido horas antes, quando ambos se divertiam na casa de uma amiga.

Os dois teriam iniciado uma discussão, que só acabou quando Vando ameaçou o amigo com uma pistola para vacinar gado. A briga foi apartada, mas o assassinato não teria perdoado a ameaça e foi acertar as contas naquela mesma madrugada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.