Cerca de 500 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam hoje a Fazenda Correntes, em Jequitaí, na região norte de Minas Gerais. A ação, segundo o MST, faz parte da Jornada de Luta por Reforma Agrária.

Os trabalhadores alegam que a fazenda é improdutiva e reivindicam a desapropriação da área para que seja destinada à reforma. Os manifestantes, que reúnem ainda quilombolas, estudantes e atingidos por barragens de Minas, protestam ainda contra a instalação do Projeto Jequitaí, que prevê a construção de uma barragem de 120 mil metros quadrados e um perímetro irrigado de 35 mil m².

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.