MST ocupa 10 propriedades em Pernambuco

Já chega a dez o número de propriedades rurais ocupadas, neste mês de abril, pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em Pernambuco. Ontem cerca de 300 famílias ocuparam duas novas áreas nos municípios de Petrolina e Amaraji, cidades localizadas respectivamente no Sertão e zona da mata Sul do Estado.

Agência Estado |

Um dia antes, na sexta-feira, outras 570 famílias participaram da invasão de áreas em cidades da zona da mata Norte e do Agreste.

De acordo com a coordenação estadual do movimento, as ações continuarão, em ritmo acelerado, até o final do mês. Segundo informações repassadas pelo MST e confirmadas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), desde o último dia 13 foram ocupadas fazendas, usinas e engenhos em praticamente todas as regiões de Pernambuco, com a participação de aproximadamente 1,4 mil famílias. Outras 350 famílias atuaram no fechamento da BR-408 e na invasão da sede do Incra, na última quinta-feira.

Desde abril 1996, quando aconteceu o episódio que ficou conhecido como o Massacre de Eldorado dos Carajás, os sem-terra realizam anualmente uma jornada nacional de ocupações, que ganhou o nome de Abril Vermelho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG