MST invade fazenda em SP pela segunda vez em 12 dias

Cerca de 80 militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiram hoje a Fazenda Santo André, localizada no município de Martinópolis, no interior paulista. Eles chegaram pouco antes das 10 horas e, até o final da tarde de hoje, ergueram 42 barracos de lona e plástico.

Agência Estado |

O grupo exige que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) faça assentamento na fazenda, que tem sete mil hectares. É a segunda invasão da fazenda em apenas 12 dias.

"Na segunda-feira passada, eles estavam aqui e foram embora depois que o oficial de Justiça mostrou o documento de reintegração de posse. Voltaram a invadir quatro dias depois da primeira invasão", disse um sargento da Polícia Militar, que pediu anonimato. Segundo a polícia, a proprietária da fazenda também pediu anonimato. "Ela está com medo, pediu para não divulgar seu nome", afirmou. Não houve tumulto nem depredações, como ocorreu na primeira invasão.

Os ocupantes fazem parte de um grupo dissidente ligado à direção nacional do MST, segundo José Rainha Júnior, o principal líder do movimento no Pontal do Paranapanema. Ele disse que não conhece os sem-terra que estão na Fazenda Santo André. A propriedade estaria na lista das terras que serão compradas pelo Incra para fins de reforma agrária no Estado de São Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG