MST invade fazenda de Daniel Dantas no Pará

Cerca de mil agricultores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) invadiram, na manhã desta sexta-feira, em Eldorado dos Carajás, no Pará, a fazenda Maria Bonita, que pertence à Agropecuária Santa Bárbara, do Grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas.

Redação com Agência Estado |

AE/José Luis da Conceição
Banqueiro Daniel Dantas
Banqueiro Daniel Dantas ao ser solto pela PF
Segundo o coordenador estadual do MST, Charles Trocate, a invasão foi um "protesto contra a corrupção do grupo desse banqueiro na região".

Em nova divulgada à imprensa, o MST alega que a área teria sido comprada ilegalmente em 2005 pela empresa Agropecuária Santa Bárbara Xinguara por ser pública e, nesta condição, não poder ser vendida.

Ulisses Manaças, do MST do Pará, diz que espera que toda a sociedade se mobilize para que o Judiciário dê o destino correto a este bando, destinando todos os 500 mil hectares de terras para a Reforma Agrária". Manaças alega que, desta maneria, poderão ser assentadas todas as famílias acampadas nesta região.

A Polícia Militar foi chamada por um gerente da fazenda, mas informou que só por intermédio de ação de reintegração de posse poderá retirar os invasores. Com foices e enxadas, os invasores começaram a armar barracas dentro da fazenda e avisaram que pretendem permanecer no local. A Agropecuária Santa Bárbara deve ingressar até o final da tarde com pedido de reintegração de posse na Vara Agrária de Marabá.

Dantas foi preso duas vezes há quinze dias pela Polícia Federal na Operação Satiagraha - que investiga desvio de verbas públicas, evasão de divisas e lavagem de capital -, e solto por habeas-corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes. A fazenda foi vendida ao grupo pelo pecuarista paraense Benedito Mutran Filho, que vendeu a Dantas também as fazendas Cedro e Espírito Santo. Juntas, as três fazendas possuem mais de 100 mil cabeças de gado.

Nesta semana, por ordem da governadora Ana Júlia Carepa (PT), o Instituto de Terras do Pará (Iterpa) iniciou um levantamento para identificar o real montante de terras adquiridas no Estado pelo grupo Opportunity. O objetivo é verificar a suspeita de que as terras seriam públicas.

Leia mais sobre MST:

Leia mais sobre Operação Satiagraha

  • Entenda a operação Satiagraha da Polícia Federal
  • Leia a íntegra do relatório da Operação Satiagraha
  • Veja o que ainda falta explicar no caso Daniel Dantas
  • Quem merece impeachment é o delegado Protógenes, diz Heráclito Fortes
    • Leia tudo sobre: daniel dantasfazendasinvasãomstpará

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG