Mais 700 notificações de suspeitas de dengue foram registradas no Mato Grosso do Sul, desde sábado até hoje. Para os casos mais graves, a situação ficou mais difícil devido à falta de sangue nos hospitais das quatro maiores cidade do Estado - Campo Grande, Três Lagoas, Dourados e Corumbá -, segundo informações do Centro Estadual de Hematologia e Hemoterapia (Hemosul).

Somente na capital, 82 pessoas estão internadas com dengue hemorrágica.

No ano passado foram notificados no Estado 14.500 casos suspeitos de dengue. Neste ano, foram registradas quatro mortes de pessoas que estavam sob suspeita. Uma delas, ocorrida em janeiro, já foi confirmada como hemorrágica, e outra teve confirmação da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados, na região Sul do MS, a 220 quilômetros de Campo Grande. As duas restantes estão sendo analisadas por especialistas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.