MP-SP denuncia 115 por tráfico internacional de drogas

O Ministério Público Federal (MPF) em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, denunciou 115 pessoas pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes e associação e financiamento para o tráfico internacional. Também foi pedida a prisão preventiva de todos os denunciados.

Agência Estado |

Vários deles estão foragidos, segundo o MPF. Alguns deles já têm prisão temporária decretada, o que não impediu, por exemplo, a fuga de um químico que trabalhava para duas quadrilhas. Ele fugiu da Cadeia Pública de Cáceres, no Mato Grosso.

A Polícia Federal já providenciou a inclusão do mais importante dos denunciados, Lourival Máximo da Fonseca, vulgo Tião, no quadro dos mais procurados pelo FBI, a polícia federal norte-americana. Os acusados, segundo o MPF, foram investigados na Operação Alfa, da Polícia Federal, durante a qual foram realizados 17 flagrantes nos últimos meses, que resultaram na apreensão de quase uma tonelada de cocaína. A droga era proveniente da Bolívia, por meio aéreo e terrestre, e distribuída em diversas partes do País, especialmente no interior do Estado de São Paulo.

A droga, que permanecia em fazendas no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás até ser distribuída, também era enviada para os Estados da Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. O tráfico era realizado, basicamente, por quatro grandes quadrilhas, sendo três delas internacionais.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG