MPF-SP discute sobre arquivos dos EUA sobre ditadura

A abertura de arquivos americanos sobre a ditadura brasileira será discutida amanhã entre membros do Ministério Público Federal em São Paulo e por procuradores e representantes da ONG americana National Security Archives. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do MPF.

Agência Estado |

O órgão pede a responsabilização civil dos comandantes do Doi-Codi por tortura e mortes ocorridas naquela repartição durante o período.

Os autores da ação civil pública vão se reunir com o procurador regional da República Marlon Alberto Weichert e a procuradora da República Eugênia Fávero, com o analista da ONG americana National Security Archives, Peter Kornbluh, e a pesquisadora americana Kathryn Sikkink, na sede da Procuradoria Regional da República na 3ª Região.

A ONG funciona na Biblioteca do Congresso Americano e sua missão é, mediante o uso do "Freedom of Information Act" (Lei de Acesso à Informação americana), elaborar petições para a abertura de arquivos sigilosos norte-americanos. Na NSA, Kornbluh foi o responsável pela abertura dos arquivos norte-americanos relativos às ditaduras chilena e cubana.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG