MPF-RJ denuncia 58 envolvidos na máfia do combustível

O Ministério Público Federal (MPF) em Volta Redonda, no Rio, ofereceu denúncia à Justiça contra 58 integrantes de uma quadrilha que distribuía e revendia combustível ilegalmente no sul fluminense. Entre os denunciados, tiveram a prisão preventiva decretada dois delegados e cinco agentes da Polícia Federal, quatro policiais civis e nove policiais militares.

Agência Estado |

Entre as 58 pessoas denunciadas, além dos policiais, estão quatro fiscais da Receita estadual e empresários. O grupo cometeu corrupção ativa e passiva, falsificação de documentos, prevaricação, advocacia administrativa, violação de sigilo funcional, entre outros crimes. Os servidores públicos acusados terão direito a apresentar defesa preliminar, como determina a legislação.

O esquema criminoso denunciado pelo MPF incluía o acobertamento policial criminoso a atividades comerciais ilícitas ou desleais à concorrência, especialmente a compra, distribuição e revenda clandestina de combustíveis, muitas vezes adulterados e com fraudes fiscais. O processo tramita em segredo de Justiça.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG