MPF denuncia suspeita de RO por tráfico de pessoas

O Ministério Público Federal (MPF) de Rondônia denunciou Nilcelia Paulina Vieira Gonçalves, moradora de Ji-Paraná, por aliciamento, introdução e ocultação de chineses clandestinos no País. De acordo com o órgão, a denúncia aponta que os chineses seriam levados a São Paulo para trabalhar.

Agência Estado |

Se condenada, a suspeita pode cumprir penas que somadas chegam a seis anos de prisão.

Nilcelia foi presa em flagrante no dia 25 de dezembro em um quarto de hotel em Vilhena, quando arrumava os pertences de Huijuan Zhou, Zhenlin Gong, Junyao Xiao e Weixin Chen. Na ocasião ela afirmou à polícia que os chineses já haviam sido levados por um taxista até o município de Pimenta Bueno. Com as informações, o taxista e os estrangeiros foram localizados e levados à Polícia Federal (PF), onde já havia notificação determinando que os chineses deixassem o País no prazo de três dias, contados de 23 de dezembro de 2008.

Durante interrogatório policial, Nilcelia relatou que tinha a função de retirar os chineses de Vilhena, mas que não iria acompanhá-los até a capital paulista. Ela admitiu também já ter levado outros chineses de Porto Velho para Ji-Paraná e para Presidente Médici. Um dos estrangeiros aliciados confirmou que ele e os outros chineses iriam a São Paulo para trabalhar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG