O Ministério Público Federal (MPF) em Niterói (RJ) denunciou à Justiça Federal 44 integrantes de uma quadrilha de exploração do jogo ilegal no Estado do Rio de Janeiro. Os denunciados - entre eles bicheiros e policiais - eram investigados há mais de um ano pelo MPF e pela Polícia Federal, que no último dia 13 deflagraram a Operação Alvará para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo.

O Ministério Público Federal (MPF) em Niterói (RJ) denunciou à Justiça Federal 44 integrantes de uma quadrilha de exploração do jogo ilegal no Estado do Rio de Janeiro. Os denunciados - entre eles bicheiros e policiais - eram investigados há mais de um ano pelo MPF e pela Polícia Federal, que no último dia 13 deflagraram a Operação Alvará para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo.

Um dos envolvidos no esquema é o presidente da escola de samba Vila Isabel, Wilson Vieira Alves (Moisés), que responde pelos crimes de quadrilha armada, contrabando e corrupção ativa. Os denunciados são acusados pelos crimes de formação de quadrilha armada, contrabando, corrupção ativa, corrupção passiva, facilitação ao contrabando e posse de armas de fogo, inclusive de uso restrito. Entre eles estão sete policiais militares, três ex-policiais militares e um policial civil. Dos acusados nesses processos, 21 estão presos por decisão judicial e oito estão foragidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.