O Ministério Público Estadual de São Paulo (MPE-SP) anunciou nesta quarta-feira que denunciou quatro pessoas acusadas de cadastrar membros da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Os acusados são moradores do Conjunto José Bonifácio (COHAB II), em Itaquera, na zona leste da capital.

De acordo com o MP, o cadastro dos integrantes da facção possibilita o controle dos líderes e garante arrecadação para a organização criminosa. Os valores arrecadados por membros e familiares do grupo financiam as ações da facção.

Todos foram denunciados por formação de quadrilha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.