MP-AL quer afastamento de deputados por improbidade

O Ministério Público (MP) de Alagoas entrou hoje com pedido de afastamento dos deputados estaduais João Beltrão (PMN) e Marcos Ferreira (PMN). O MP ratificou também o pedido para afastar todos os demais parlamentares citados na segunda ação civil pública por atos de improbidade administrativa relacionada aos desvios de recursos da Assembléia Legislativa apontados na Operação Taturana, da Polícia Federal (PF).

Agência Estado |

Proposta em 18 de abril, a ação civil tramita na 16ª Vara Cível de Maceió, para onde também seguiram os atuais pedidos de afastamentos. Além de Beltrão e Ferreira, são alvo dos requerimentos os deputados estaduais Arthur Lyra (PMN), Manoel Gomes de Barros Filho (Nelito), Cícero Amélio (PMN), Antônio Albuquerque (sem partido), Isnaldo Bulhões (PMN), Dudu Albuquerque (PSB), já afastados por decisão do Tribunal de Justiça (TJ), referente à primeira ação cautelar. A ação atinge ainda os ex-deputados estaduais Celso Luiz, Francisco Beltrão ( Chicão ) e Júnior Leão, além de Francisco Tenório, que foi eleito deputado federal pelo PMN.

Os integrantes do MP alagoano reforçam que o pedido de hoje se refere, exclusivamente, à segunda ação, que incluiu ainda outros réus, como o ex-deputados Fernando Gaia, Alves Correa e Cabo Luiz Pedro, além do atual prefeito de Roteiro e ex-diretor-financeiro da Assembléia Fábio Jatobá; o superintendente de Gestão Pública do Bradesco, de São Paulo, Renan Mascarenhas; o ex- diretor de Recursos Humanos da Assembléia Edmilton Lins Macedo, e o presidente do Sindicato dos Servidores da Assembléia, Antônio Haroldo Loureiro.

Ao todo, foram listados na segunda ação 21 réus, sendo 16 deles parlamentares e ex-parlamentares, que teriam se beneficiado com empréstimos pessoais no valor total de R$ 2,7 milhões, obtidos em 2006, de uma agência Prime do Bradesco de São Paulo. O MP justifica que a medida é necessária para assegurar a ordem pública. Os parlamentares e demais acusados negam qualquer envolvimento no golpe.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG