MP-AL pede restituição de verba paga a deputados

O Ministério Público (MP) de Alagoas ingressou hoje com uma reclamação no Tribunal de Justiça (TJ) contra a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa e a Caixa Econômica Federal (CEF) por descumprimento da decisão judicial que proíbe o pagamento de verba de gabinete aos nove deputados estaduais afastados dos cargos. Na reclamação, dirigida ao presidente do TJ, desembargador José Fernandes de Holanda, a Procuradoria-Geral de Justiça e integrantes do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e da Promotoria de Justiça da Fazenda Estadual pedem que seja determinada a imediata restituição dos valores indevidamente pagos aos parlamentares afastados e cobrada a multa de R$ 100 mil do presidente interino da Assembléia, Fernando Toledo (PSDB), e à Superintendência Regional da CEF, relativa aos meses nos quais ocorreu o descumprimento.

Agência Estado |

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG