MP vai investigar programa da MTV que satirizou autistas

Casa dos Autistas" fazia alusão ao programa "Casa dos Artistas". Emissora pede desculpas ao público. "Extrapolamos o limite

AE |

selo

Um jovem corre de um lado ao outro, uma moça grita compulsivamente em frente ao espelho e outro aparece jogado inerte no canto da sala. Eles são atores tentando representar pessoas com autismo. O quadro "Casa dos Autistas" foi veiculado no programa "Comédia MTV" e provocou polêmica e reações.

Ontem, o Ministério Público Federal de São Paulo instaurou um procedimento para investigar o quadro, que durou cerca de três minutos e fazia uma alusão ao programa "Casa dos Artistas", exibido pelo SBT. O programa foi ao ar no dia 22 de março.

"Foi uma manifestação de mau gosto e de completa ignorância sobre o assunto. Retratou o autista como um completo idiota, um imbecil. Um total desserviço", diz o psiquiatra Estevão Vadasz, coordenador do Programa de Autismo do Instituto de Psiquiatria da USP. Segundo ele, estima-se que o autismo atinja 1 em cada 110 crianças. "Fiquei chocado com o que vi porque, aparentemente, essas pessoas possuem algum nível de instrução."

Zico Goes, diretor de programação da emissora, reconheceu o erro e pediu desculpas às famílias. De acordo com ele, ontem mesmo entraria no ar um pedido de desculpas por escrito, antes do programa começar.

Além disso, para minimizar a repercussão negativa, a emissora fará hoje uma reunião com a associação de familiares para ouvir as reclamações e traçar uma maneira de reverter o problema. "Erramos e vamos tentar compensar de alguma maneira. Extrapolamos o limite do humor, que ficou sem graça, ficou grosseiro. A nossa ideia é fazer campanhas de esclarecimento ao longo da programação", afirmou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: mtvautistasministério público

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG