Acusados de extorquir Padre Júlio Lancellotti são absolvidos " / Acusados de extorquir Padre Júlio Lancellotti são absolvidos " /

MP recorre contra absolvição no caso do padre Lancelotti

SÃO PAULO - O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) protocolou nesta segunda-feira recurso contra a absolvição dos quatro acusados de extorquir o padre Júlio Lancelotti. Padre Lancelotti, conhecido pelo trabalho de assistência a menores infratores e por dirigir a Casa Vida, de auxílio a crianças com aids, também dá apoio à coordenação da Pastoral do Povo de Rua, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/06/09/acusados_de_extorquir_padre_julio_lancelotti_sao_absolvidos_1348800.htmlAcusados de extorquir Padre Júlio Lancellotti são absolvidos

Agência Estado |

AE
Lancelotti denunciou os quatro homens à polícia
Lancelotti denunciou os quatro homens à polícia

Anderson Marcos Batista, Conceição Eletério, Éverson dos Santos Guimarães e Evandro dos Santos Guimarães, que respondiam por extorsão e formação de quadrilha, foram absolvidos no dia 9.

Em nota, os promotores do caso, Fábio José Bueno e Luiz Antônio de Oliveira Nusdeo, disseram que existem "provas de que os acusados praticaram, reiteradamente, crime de extorsão" contra o padre Lancelotti.

A sentença que absolveu Batista, Conceição, Éverson e Evandro dos Santos Guimarães, presos desde outubro, foi proferida pelo juiz Júlio Caio Farto Salles, da 31ª Vara Criminal de São Paulo. O processo corre em segredo de Justiça.

Em outubro, o padre denunciou os quatro à polícia, alegando ter pago R$ 80 mil a eles. Entre as exigências do grupo, que ameaçava acusá-lo de exploração sexual, estariam o pagamento de uma Pajero, com R$ 30 mil de entrada e prestações mensais de R$ 2 mil.

Leia mais sobre: Extorsão - Padre Júlio Lancelotti

    Leia tudo sobre: padre júlio lancelotti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG