MP quer PF na investigação sobre ex-diretor do Senado

O procurador da República no Distrito Federal, Gustavo Pessanha Velloso, afirmou nesta sexta-feira que vai solicitar a entrada da Polícia Federal nas investigações sobre os indícios de irregularidades praticadas pelo ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi. O procurador, indicado pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, para acompanhar o caso, já sob investigação da Polícia Legislativa da Casa, disse que oficializará o pedido até terça-feira (12).

Congresso em Foco |

Afastado da diretoria de RH por ter repassado a familiares o uso de apartamento funcinal, Zoghbi e sua mulher, a ex-diretora do Instituto Legislativo Brasileiro Denise Zoghbi, são alvos de uma ocorrência policial para apurar as declarações (depois desmentidas em depoimento), dadas pelo próprio casal em entrevista à revista Época, de que haveria no Senado um imenso esquema de fraudes em contratos e licitações supostamente operado pelo ex-diretor-geral Agaciel Maia.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: senado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG