Os Ministérios Públicos fluminense e Federal anunciaram na sexta-feira (8) que pediram à Justiça a prisão ou o afastamento do prefeito de Campos de Goytacazes (RJ), Alexandre Mocaiber (PSB). Ele é acusado de descumprir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no qual a prefeitura compromete-se a demitir prestadores de serviço contratados por meio de fundações como a Cruz Vermelha.

O TAC foi assinado em 16 de abril pelo vice-prefeito Roberto Henriques, pois Mocaiber havia sido afastado do cargo pela 1ª Vara Federal de Campos. Quando o prefeito retomou o posto, o MP diz ter enviado um ofício a ele informando sobre a assinatura do documento. Mocaiber, no entanto, teria adotado uma série de medidas para tentar desfazer o acordo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.