Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

MP investiga intoxicação de crianças em abrigo de MG

Um inquérito deverá ser instaurado para apurar responsabilidades na morte de uma criança e intoxicação de outras cinco por ingestão de medicamento em abrigo municipal da cidade mineira de Divinópolis, distante 120 km a oeste de Belo Horizonte. Na tarde de hoje, o Ministério Público deve tomar o depoimento de pessoas que trabalhavam no local quando as crianças ingeriram o remédio, destinado ao tratamento de crises convulsivas.

Agência Estado |

O fato aconteceu na madrugada de hoje, no abrigo municipal Homem de Nazaré. O remédio, segundo depoimento de funcionários, estava guardado em um armário da cozinha do local. De acordo com pessoas que trabalhavam no abrigo, os menores teriam se aproveitado de um descuido do responsável pelo monitoramento do armário para apanhar o medicamento. Todos os comprimidos da caixa foram consumidos. Uma criança de 9 anos morreu. Três das sobreviventes, que têm entre 12 e 14 anos, estão em coma. Outras duas já foram liberadas pelos médicos, após serem submetidas a uma lavagem intestinal.

A coordenadora do abrigo disse à polícia ter desconfiado do que ocorrera ao observar que as crianças estavam se sentindo mal. Elas foram, então, levadas ao Pronto Socorro do município. A prefeitura de Divinópolis enviou um representante da Secretaria da Promoção Humana ao abrigo. A administração do município, contudo, preferiu não se pronunciar antes da chegada do juiz da Vara da Infância e da Juventude à cidade.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG