MP acusa 12 por manutenção de menor em cela no PA

O Ministério Público do Pará denunciou hoje à Justiça 12 suspeitos de envolvimento na manutenção da adolescente L.A.

Agência Estado |

B., de 15 anos, por 26 dias, em uma cela com 20 homens na Delegacia de Abaetetuba, entre outubro e novembro de 2007. A ação foi protocolada na 3ª Vara Criminal do município. Os acusados poderão responder por lesão corporal, ameaça, estupro e tortura.
Segundo o MP, no período em que esteve presa, L. foi obrigada a manter relações sexuais diariamente com detentos em troca de comida, dinheiro e material de higiene. São apontados como autores dos abusos os presos Beto Júnior Castro da Conceição, conhecido como Beto, e Rodinei Leal Ferreira. Também são alvos da denúncia os agentes prisionais Benedito Amaral de Lima, João de Deus de Oliveira e Marcos Eric Serrão Pureza, lotados na delegacia à época, e os investigadores Sérgio Teixeira da Silva e Adilson Pires de Lima, autores da prisão em flagrante de L. por tentativa de furto a uma casa, em 21 de outubro.

Quanto aos policiais, foram denunciados os delegados Antônio Fernando Botelho da Cunha - à época superintendente da Polícia Civil da região do Baixo Tocantins, Danieli Bentes, Rodolfo Fernando Valle Gonçalves, Celso Iran Viana e Flávia Verônica Monteiro Pereira, que lavrou a prisão em flagrante da menor, apesar de L. não portar nenhum documento que comprovasse a sua idade. Para a promotora de Justiça Ana Carolina Vilhena Gonçalves, todos sabiam da presença de L. na cela.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG