http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/vitimas_de_carajas_pa_recebem_indenizacao_simbolica_1276296.htmlVítimas de Carajás recebem indenização simbólica fa f11 txt_cinza3 pl12http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/mst_ocupa_predio_de_secretaria_de_ribeirao_preto_sp_1276169.htmlMST ocupa prédio de secretaria de Ribeirão Preto" / http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/vitimas_de_carajas_pa_recebem_indenizacao_simbolica_1276296.htmlVítimas de Carajás recebem indenização simbólica fa f11 txt_cinza3 pl12http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/mst_ocupa_predio_de_secretaria_de_ribeirao_preto_sp_1276169.htmlMST ocupa prédio de secretaria de Ribeirão Preto" /

Movimento dos Sem-Terra ocupa oito praças de pedágio, ferrovia da Vale e usinas

Integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) já invadiram pelo menos oito praças de pedágio nas rodovias do Paraná nesta quinta-feira. A manifestação faz parte do chamado Abril Vermelho, que pretende lembrar a morte de 19 sem-terra em Eldorado dos Carajás (PA), em 1996. fa f11 txt_cinza3 pl12http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/vitimas_de_carajas_pa_recebem_indenizacao_simbolica_1276296.htmlVítimas de Carajás recebem indenização simbólica fa f11 txt_cinza3 pl12http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/04/17/mst_ocupa_predio_de_secretaria_de_ribeirao_preto_sp_1276169.htmlMST ocupa prédio de secretaria de Ribeirão Preto

Redação com agências |

As praças invadidas são a da Ecovias, em direção ao litoral paranaense, duas da Viapar, na região noroeste, três da Rodonorte, na região central do Estado, e duas da Rodovia das Cataratas, no oeste.

As cancelas foram liberadas e os motoristas passam sem pagar a tarifa. As concessionárias tentam na Justiça a reintegração de posse.

AE
O Movimento dos Sem-Terra mantém, nesta quinta-feira, a pressão para conquistar avanços no assentamento de 150 mil famílias acampadas pelo País e investimentos públicos na produção agrícola e em habitação para os já assentados.

Nesta manhã, os sem-terra também ocuparam a Ferrovia de Carajás, em Parauapebas (PA). A Secretaria de Segurança Pública do Pará autorizou o envio de 350 homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que estavam de prontidão no quartel da cidade, para o local da ocupação. A invasão já estava se desenhando anteriormente com a reunião de milhares de pessoas em municípios cruzados pela ferrovia.

No município de Americana, em São Paulo, integrantes do MST ocuparam a fazenda Saltinho, utilizada pela Usina Ester para o plantio de cana-de-açúcar. Segundo informações da Polícia Militar, a região foi cercada e os acessos estão bloqueados.

De acordo com o MST, em 2006, um procurador do Estado da região de Campinas notificou judicialmente a imobiliária Jaguari, que administra a Saltinho, alegando que a área é de propriedade do Estado.

"Depois disso, o processo foi passado para a Procuradoria-Geral do Estado e está parado nessa instância desde então", informou o MST, em nota. Ainda segundo o movimento, a fazenda já foi ocupada duas vezes e, nos pedidos de reintegração de posse, a usina nunca conseguiu comprovar o arrendamento de toda a área, de 8,5 mil hectares.

Protesto ampliado

AE
Na quarta-feira, os sem-terra ampliaram seu protesto em 16 Estados. Em reunião com o Ministério das Cidades, o governo sinalizou que vai resolver, no curto prazo, a reivindicação da construção de 31 mil casas no campo para pequenos agricultores. O pedido de criação de programa de crédito ficou pendente e pode ser discutido até junho.

Para nós, a reunião foi positiva. Na próxima semana, voltaremos a nos reunir com o ministro e ainda amanhã (hoje) teremos reunião com a direção da CEF para discutir a questão das casas, disse José Batista de Oliveira, da coordenação do MST. Segundo o movimento, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) é insuficiente e atende só 15% das famílias de pequenos agricultores.

(*com informações da Agência Estado)

Leia também:

Leia mais sobre: MST

    Leia tudo sobre: mst

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG