José Mourinho, técnico da Inter de Milão, manteve a punição ao atacante Adriano e novamente não convocou o jogador brasileiro para a partida contra o Palermo pelo Campeonato Brasileiro. O treinador português relacionou 21 jogadores para o duelo deste sábado.

Esta será a quinta vez que o atacante brasileiro não é utilizado pelo técnico desde o dia 26 de outubro, quando foi para uma balada. Dois dias depois, Adriano chegou atrasado ao treinamento da Inter de Milão, o que irritou José Mourinho.

Massimo Moratti, presidente do clube, comentou sobre a situação do atacante brasileiro. "O clube o está fazendo trabalhar, a situação não é dramática, me disse Mourinho e não está fora do nosso projeto. O técnico está administrando bem a situação", comentou. "É preciso calma e paciência porque é um jovem frágil, que este ano começou bem, mas depois...", lamentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.