SÃO PAULO ¿ Os motoristas que retornam à cidade de São Paulo após o feriado prolongado da Revolução Constitucionalista enfrentam lentidão em algumas estradas na noite deste domingo.

Na Rodovia dos Bandeirantes, há lentidão na altura do km 58, em Jundiaí, no sentido São Paulo, devido ao excesso de veículos na via. O tráfego também segue lento entre os kms 72 e 69, na região de Campinas, por causa de um acidente.

Na Via Dutra, os motoristas devem ter paciência na Baixada Fluminense. O trânsito apresenta cinco quilômetros de congestionamento em Belford Roxo, na pista em direção a São Paulo. A lentidão é causada pelo excesso de automóveis na via. O mesmo motivo gera nova retenção, em Taubaté, entre os kms 105 e 108.

As condições também não são boas na Rodovia Castello Branco, que tem lentidão desde o km 38, em Itapevi, até o km 28, em Alphaville. Após esse ponto, há novo congestionamento, entre os kms 15 e 13, já na região de Osasco.

O retorno do litoral, que geralmente é mais complicado, segue somente intenso, de acordo com a concessionária Ecovias. Dos 226.989 veículos de desceram a serra desde quarta-feira, 199.863 já voltaram para a capital.

Na última hora, 5.406 veículos utilizaram as estradas do sistema Anchieta-Imigrantes, no sentido São Paulo. Para a subida da serra, o motorista utiliza a pista norte da Via Anchieta e da Rodovia dos Imigrantes, além da pista sul da Imigrantes.

Estimativas de tráfego por estrada

Litoral

Anchieta-Imigrantes ¿ 240 mil veículos
Mogi-Bertioga ¿ 23,7 mil veículos
Osvaldo Cruz ¿  13,6 mil veículos
Padre Manoel da Nóbrega ¿ 108,4 mil veículos
Rio-Santos (trecho São Paulo-Riviera) ¿ 47,2 mil veículos
Tamoios ¿ 39,8 mil veículos 

Interior

Anhanguera-Bandeirantes  (SP- 330 e 348) ¿ 670 mil veículos
Ayrton Senna/Carvalho Pinto ¿ 160 mil veículos
Castello Branco ¿ Raposo Tavares (SP-280 e 270) ¿ 470 mil veículos.
Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123) ¿ 46,1 mil veículos
Santos Dumont (SP-075) ¿ 160  mil veículos.
SP-300  - 71 mil veículos.
SP-127 -  32 mil veículos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.