Motorista embriagado mata duas pessoas no Paraná

LONDRINA - Duas pessoas morreram, no final da tarde deste domingo, no viaduto que separa os municípios de Londrina e Cambé, no norte do Paraná, após um acidente provocado por um motorista de caminhão que estaria com dosagem de álcool no sangue superior ao tolerado pela legislação. Os exames mostraram que José da Silva Ramalho, de 50 anos, estava com 0,65 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Agência Estado |


O motorista foi preso em flagrante e responderá por homicídio com dolo eventual. Além disso, deverá sofrer sanções administrativas, com multa e apreensão de carteira de habilitação.

Segundo o delegado de Cambé, Valdir Abrahão, o motorista autônomo atingiu a traseira de uma motocicleta em que estava o casal José Luiz da Silva, de 59 anos, e Maria das Graças Soares, de 55.

O caminhoneiro não parou para prestar socorro às vítimas, mas populares anotaram a placa e repassaram a informação à polícia, que acabou encontrando-o em casa, cerca de 1 hora e meia depois. Na delegacia, ele alegou não ter percebido que batera em qualquer coisa. "Mas admitiu ter tomado umas três ou quatro latas de cerveja", disse o delegado.

    Leia tudo sobre: lei secalei-seca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG