Motorista é condenado a 18 anos de prisão pela morte de Arthur Sendas

RIO DE JANEIRO - O motorista acusado de matar o empresário Arthur Sendas foi condenado, no final da noite desta terça-feira, a 18 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado (por motivo fútil e sem chances de defesa a vítima). As informações são da Globo News.

Redação |

Roberto Costa Júnior, de 28 anos, teria ido à casa do empresário para lhe cobrar o salário do mês. Os dois discutiram e o motorista foi baleado.

A defesa do acusado afirma que irá recorrer da decisão e que o disparo foi acidental.

Leia mais sobre: Arthur Sendas

    Leia tudo sobre: arthur sendasassassinatoprisão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG