Um motorista inconformado denunciou no fim da manhã de hoje um posto de gasolina na Vila Jacuí, zona leste de São Paulo, que venderia combustível adulterado. O carro de Washington Almeida de Souza, de 31 anos, parou cerca de 100 metros após ser abastecido com aproximadamente 20 litros de gasolina no estabelecimento, na Avenida Jacu Pêssego.

Segundo a Polícia Militar (PM), o motorista retornou ao posto para cobrar explicações e acionou a polícia.

O gerente do posto foi detido e levado ao 53º Distrito Policial, do Parque do Carmo. Foi solicitada perícia para verificar a qualidade do combustível vendido. O tenente da PM Aladio Palmieri contou que os donos de outro cinco carros também voltaram ao posto para reclamar, mas foram embora depois que o combustível foi retirado do tanque.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.