Motorista anda 38 km na contramão em rodovia de SP

O pedreiro Valdeiro Gomes da Silva, de 31 anos, percorreu pelo menos 38 km da Rodovia Anhangüera na contramão, em São Paulo. Ele acabou batendo em uma carreta, às 4h20, no km 13 da estrada, no sentido interior, e morreu no hospital.

Agência Estado |

Gomes, que dirigia um Fiat Stilo branco, foi notado ao passar por um carro da Polícia Rodoviária Estadual na altura do km 51. Ele já estava na contramão. O policial conseguiu desviar, mas colidiu com o guardrail da rodovia.

Mesmo assim, ele conseguiu perseguir o Stilo do pedreiro pela mesma pista, também em sentido contrário. Silva ainda passou por um pedágio, no km 26, e destruiu a cancela que visa impedir que veículos passem sem o pagamento da tarifa. No km 13, bateu de frente com uma carreta.

Pelo menos 13 carros da AutoBan, concessionária da Anhangüera, foram até o local do acidente. O pedreiro, ainda com vida, foi levado para o Hospital Regional de Osasco, na Grande São Paulo. De acordo com o estabelecimento, Silva morreu às 10h15, vítima de politraumatismo. A família não consegue explicar o ocorrido. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG