Motofaixa muda fluxo de trânsito na zona sul de São Paulo

O tráfego de veículos na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, sofrerá alterações a partir de sábado. As mudanças são necessárias, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), para a adoção da motofaixa no Corredor Vergueiro/Liberdade.

Agência Estado |

A Secretaria Municipal de Transportes ainda estuda restringir ou até mesmo proibir o tráfego de motocicletas na avenida 23 de Maio, mas essa decisão só será tomada após um período de adaptação - ainda sem prazo definido, que dependerá da aceitação do novo corredor pelos motociclistas.

A primeira mudança no viário será a desativação do retorno e da conversão à esquerda existentes na Rua Vergueiro, no sentido centro, na frente da Rua Joaquim Távora. Agora, os motoristas deverão passar pelas ruas Carlos Petit, Manuel de Paiva e Joaquim Távora para cruzar ou retornar à Vergueiro. A CET vai alterar o sentido de circulação em trechos das ruas Manuel Paiva e Joaquim Távora. Nesta, o estacionamento de veículos será proibido na quadra entre a Rua Vergueiro e a Manuel de Paiva.

Para "propiciar uma maior capacidade ao fluxo viário", as vagas de Zona Azul na Rua Domingos de Morais e na quadra entre as ruas Joaquim Távora e Carlos Petit serão retiradas. O órgão de trânsito não informou o número de vagas que deixarão de operar nem se elas serão realocadas pela cidade. A travessia de pedestres na Vergueiro será alinhada com a faixa da Joaquim Távora. Dessa maneira, o caminho para o pedestre será reto. Placas de trânsito indicarão as mudanças no tráfego aos usuários. A CET prevê nova sinalização horizontal na região e a instalação de 22 placas.

Ciclovia

A partir de hoje até o fim do mês a Ciclovia Rio Pinheiros terá o horário de funcionamento ampliado em uma hora e meia - das 5h30 às 19 horas. Neste mês, também será criado mais um acesso para as bicicletas, na Estação Jurubatuba, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A empresa, responsável pelo projeto, prometeu adequar uma passarela interna, localizada na estação, para permitir que os ciclistas não paguem tarifa ao utilizá-la. A empresa também anunciou que construirá uma passarela externa ligando a estação à ciclovia.

O compromisso da Secretaria de Transportes Metropolitanos é implantar também uma escada de acesso com canaleta para bicicletas na região da Ponte João Dias, permitindo que o quarto acesso seja inaugurado nos próximos meses. A partir do segundo semestre haverá ampliação de seis quilômetros na via, entre as Estações Vila Olímpia e Villa-Lobos/Jaguaré. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

    Leia tudo sobre: moto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG