SÃO PAULO - Armado com duas facas, o motoboy Nilton César da Cruz, de 27 anos, manteve refém, por mais de sete horas, a mulher dele, Daniela dos Santos Silva, 20, na casa onde moram, no Jardim Maria Alice, zona sul da capital paulista.

Eram 16h de sábado, 21, quando César, aparentemente alcoolizado, chegou em casa e começou a discutir com a mulher.

A mãe do motoboy, que também mora no local, tentou intervir e, ao se ver ameaçada, pois o filho já estava armado, conseguiu deixar a casa e acionou a Polícia Militar, que cercou o local. Por volta das 23h30, depois de ameaçar por várias vezes matar Daniela e depois se matar, Nilton resolveu liberar a mulher e se entregou.

Policiais militares do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram até o local mas os PMs responsáveis pelo patrulhamento da região foram quem negociaram até o final com o motoboy.

Segundo a polícia, o acusado não esfaqueou a jovem, mas ela apresentava um hematoma em um dos olhos e ferimentos no pescoço, causados possivelmente por agressões antes de a jovem ser tomada como refém. O motoboy foi encaminhado ao 100º Distrito Policial, do Jardim Herculano, onde foi indiciado por cárcere privado e violência doméstica.

Leia mais sobre sequestro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.