Motoboy atingido por fezes em Belo Horizonte recebe indenização de R$ 4 mil

BELO HORIZONTE - Um motoboy que foi atingido por fezes humanas irá receber R$ 4 mil de indenização por danos morais de um edifício, na região centro-sul de Belo Horizonte, de onde foi arremessado um saco plástico com excrementos.

Redação |

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado, o motoboy alegou que passou por situação vexatória e não pode concluir as tarefas do dia porque ficou sujo e com mau cheiro. Ainda faltavam dois bancos e não podia entrar nos locais daquela forma em que me encontrava, argumentou. Ele alegou também que foi alvo de zombaria e repreensão no trabalho, ao retornar para a empresa, fui motivo de chacota pelos colegas e repreendido por não ter realizado todos os trabalhos.

De acordo com testemunho dos moradores do prédio, não foi possível identificar de onde exatamente partiu a sacola e o motoboy teria ficado apenas com poucos respingos pelo corpo.

O relator do caso, o desembargador Saldanha da Fonseca, concluiu que os relatos das testemunhas comprovaram os fatos alegados pelo motoboy. Duas testemunhas indicadas por ele afirmaram ter certeza de que o objeto lançado sobre o autor partiu do edifício, embora não soubessem dizer de qual apartamento.

Segundo o relator, a indenização "servirá de reprimenda para que os moradores do edifício réu se abstenham de lançar objetos pela janela, reparar o dano suportado pelo autor, sem, contudo, acarretar seu enriquecimento ilícito".

Leia mais sobre: indenização

    Leia tudo sobre: indenizaçãomotoboytrabalho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG