Mostra traz equívocos comuns da Língua Portuguesa

Menas pessoas. O carro deu perca total.

Agência Estado |

Adevogado. Houveram tumultos. Mortandelas. Frases e expressões como estas você certamente nunca viu em um jornal de respeito como O Estado de S. Paulo. Pois elas estarão na próxima exposição do Museu da Língua Portuguesa - "Menas: o certo do errado, o errado do certo" -, aberta ao público a partir do dia 16, em São Paulo.

"Não estamos querendo condenar essas expressões ou dizer ao público o que é certo e o que é errado", comenta um dos curadores do mostra, Ataliba de Castilho, professor da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e autor de 24 livros. "O mais importante é provocar a discussão, a polêmica e a reflexão."

A abertura da exposição marca o quarto aniversário do museu, aberto em março de 2006. No próximo domingo, dia 7, antecipando as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, pessoas do sexo feminino e seus acompanhantes terão entrada gratuita. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Serviço - Menas: o certo do errado, o errado do certo. Abertura para o público: 16 de março. No
Museu da Língua Portuguesa: Praça da Luz, s/nº, Centro; tel.: (11) 3326-0775; www.museudalinguaportuguesa.org.br; R$ 6.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG