Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Mostra reúne 400 fotos dos herdeiros de Marc Ferrez em São Paulo

Quatrocentas imagens inéditas do começo do século 20, feitas pelos herdeiros do franco-brasileiro Marc Ferrez (1843-1923), um dos mais importantes fotógrafos do século 19, compõem a exposição Família Ferrez: Novas Realizações, organizada por Pedro Karp Vasquez e Julia Peregrino. Fotografias que retratam não apenas o Rio, mas Brasil, África, países europeus e ainda nos apresentam álbuns de família, o cotidiano das casas, a vida nas ruas das cidades.

Agência Estado |

Divulgação

Fotografia registra ressaca na Praia da Glória, no Rio de Janeiro, em 1921

A mostra representa um diário de viagem, na aparência com um olhar descompromissado, mas totalmente bem resolvido, e a herança de um dos profissionais mais importantes do século 19, Marc Ferrez. Ele, além de fotógrafo da família imperial, teve um trabalho "solo", viajou pelo Brasil registrando trabalhadores, escravos, a vida no país. Também foi considerado fotógrafo da Marinha imperial por suas imagens em alto-mar. Pioneiro em fotografias de interiores e na forma de retratar, ele é sem dúvida nosso principal fotógrafo.

Essa paixão pela imagem parece ter passado para seus descendentes. Na mostra, registros realizados por seus filhos Julio (1881-1946) e Luciano (1884-1955) e por seu neto Gilberto Ferrez (1908-2000), que, além de fotógrafo, foi colecionador, historiador e guardião desse imenso arquivo. Os curadores levaram mais de um ano vasculhando 8 mil negativos, além de álbuns e arquivos pessoais, reunidos hoje no Arquivo Nacional do Rio graças a uma doação da família, em 2007.

"Queríamos doar para uma instituição pública brasileira. Queríamos a possibilidade de que este material fosse bem guardado e que as pessoas tivessem a chance de vê-lo", conta por telefone Helena Ferrez, filha de Gilberto.

Antes da doação, porém, todo o acervo foi catalogado. Empreitada que levou dois anos para ser cumprida pela produtora Fazer Arte de Julia Peregrino (uma das curadoras da mostra) e pela própria Helena, e contou com o patrocínio da Petrobras. Foi nessa fase que Julia se deu conta da riqueza do material iconográfico e solicitou a parceira de Pedro Karp Vasquez para a organização da mostra.

Serviço ¿ Exposição "Família Ferrez: Novas Revelações"
Até 23 de maio de 2010
Galeria Olido (Av. São João, 473), São Paulo
De terça a sexta, 12h às 20h30; sábado e domingo, 13h às 20h
Entrada franca
Informações (11) 3331-8399

Leia mais sobre: Marc Ferrez

 

Leia tudo sobre: fotografiamarc ferrez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG