Mostra em SP quer provocar debate sobre a sociedade

Provocar debate sobre os valores da família e identificar a influência da carga genética na construção da sociedade brasileira. Esse é um dos objetivos da retratista brasileira Fifi Tong, que passou por diversas capitais do País fotografando famílias conhecidas e anônimas de diferentes classes e etnias sociais.

Agência Estado |

O projeto durou 15 anos e resultou em um livro (Origem - Retratos de Família no Brasil") com 50 imagens. Destas, 30 serão ampliadas e vão compor a exposição "Origens", com inauguração no domingo no Memorial do Imigrante.

A autora, descendente de chineses de Xangai, diz que se inspirou em suas recordações de família. No começo, conta, a ideia era fotografar somente mulheres, mas a diversidade atraiu o olhar da artista. As informações são da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Origens . Memorial do Imigrante. Rua Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca. Telefone (11) 2692-1866. R$ 4 e meia para estudantes. De 30/8 a 30/9. Terça a domingo (inclusive aos feriados) das 10 horas às 17 horas. Mais informações no site .

    Leia tudo sobre: fotografia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG