Mostra de cinema brasileiro no Moma traz 22 obras

Nova York, 16 jul (EFE).- A mostra de cinema que o Moma de Nova York dedica a partir de hoje à sétimo arte no Brasil apresenta 19 longas-metragens e três curtas brasileiros, entre eles Moscou, do documentarista Eduardo Coutinho.

EFE |

A Premiere Brazil, que começa hoje sua sétima edição, que durará até 3 de agosto, dedica pela primeira vez uma retrospectiva a Coutinho, um dos documentaristas latino-americanos mais importantes da atualidade.

"Eduardo Coutinho é o mestre do documentário brasileiro", afirmou o museu nova-iorquino, e destacou "o estilo formalmente diferente e inovador" do artista.

A estreia mundial de "Moscou", o novo trabalho do cineasta brasileiro, acontecerá na sede do Moma em 20 de julho.

Nesse filme, o brasileiro prossegue com "a investigação da tênue linha que divide a realidade da ficção", o tema preferido de Coutinho, segundo o Moma, e se centra nos ensaios da obra "As Três Irmãs", de Anton Tchekhov, pela companhia teatral Grupo Galpão, dirigido por Enrique Díaz.

No filme, o diretor mostra cenas da obra teatral, enquanto procura compartilhar com o espectador "um mistério que se revela enquanto a realidade se transforma em ficção e vice-versa, através da magia da atuação", segundo os especialistas da instituição.

Além de "Moscou", a mostra cinematográfica do Moma repassará os filmes mais importantes de Coutinho e exibirá, entre outros, "Cabra Marcado para Morrer" (1964-84), "Jogo de Cena" (2008), "Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado" (2008), "Morrinho: Deus Sabe de Tudo Mas Não é X9" (2008).

Entre os 19 longas-metragens e três curtas da Premiere Brazil, está "Beyond Ipanema: Ondas Brasileiras na Música Global" (2009), dos cineastas Guto Barra e Béco Dranoff, que estreia mundialmente em Nova York amanhã.

A mostra abre com a estreia nos Estados Unidos de "Última Parada 174" (2008), de Bruno Barreto, e exibirá, entre outros títulos, o filme "Juventude" (2008), protagonizado e dirigido por Domingos Oliveira, assim como "Apenas o Fim" (2008), do estreante Matheus Souza, e "Feliz Natal" (2008), dirigido por Selton Mello.

Na edição deste ano, a mostra é acompanhada por uma série de apresentações musicais noturnas nos jardins da instituição, como de Adriana Calcanhotto, Davi Vieira e Romero Lubambo, entre outros. EFE dvg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG