Mostra de artistas brasileiros em Tóquio lembra centenário da imigração

TÓQUIO ¿ Uma exposição inaugurada hoje em Tóquio mostra o Brasil através do olhar de alguns de seus artistas mais representativos, como Candido Portinari, em comemoração ao centenário da imigração japonesa.

EFE |

A mostra, que conta com cerca de 20 quadros de artistas brasileiros, inclui trabalhos de estilos e épocas variadas, que têm em comum suas cores vivas, aspecto característico da arte plástica na América Latina.

"Todos os artistas falam a sua maneira do país em que nasceram", disse Jacqueline Montagu, colecionadora de arte e organizadora da exposição.

Segundo Montagu, nascida no Brasil e que divide seu tempo entre Nova York e Lisboa, é possível apreciar nas obras influências que vão desde as culturas indígenas da América Latina até as africanas, e os artistas expressam através de seus quadros uma visão do Brasil infestada de "realidade e fantasia".

A exposição reúne artistas brasileiros como Roberto Burle Marx (1909-1994), Lia Mittarakis (1935-1998), Candido Portinari (1903-1962) e Rubem Valentim (1922-1991).

A mostra permanecerá aberta ao público até 24 de outubro no City Clube of Tokyo.

Além desta exposição, a capital japonesa receberá em outubro outros grandes eventos relacionados à divulgação da cultura brasileira.

Dentro das celebrações do "Ano do Intercâmbio Brasil-Japão", outubro foi o escolhido como "o mês da cultura brasileira em Tóquio", e estão programadas apresentações de música popular, exposições de fotografias, e exibições de filmes brasileiros, entre outros.

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG