Moscou exibe esculturas em areia de animais raros do mundo todo

Uma exposição de esculturas de areia de animais raros dos cincos continentes foi inaugurada, nesta quinta-feira, em Moscou, com o apoio do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, sigla em inglês).

AFP |

As obras, que ficarão expostas até 15 de setembro no Jardim Botânico da Universidade Lomonossov, de Moscou, foram criadas por mais de 20 artistas de 12 países, entre os quais Alemanha, Áustria, Irã, México, Holanda, Ucrânia e Rússia.

Segundo uma nota do WWF, as esculturas, entre elas a de um panda, estão acompanhadas de um lembrete, informando os visitantes do que é necessário fazer para proteger esses animais raros.

A arte de esculpir na areia surgiu na década de 1980, nos Estados Unidos. Desde 1990, um campeonato mundial de escultores de areia, que se tornou bastante popular, é organizado no Canadá. O primeiro concurso internacional de esculturas de areia na Rússia foi em 1996.

mp/tt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG