Mortalidade infantil diminui 30% em dez anos, diz IBGE

A taxa de mortalidade infantil continua em declínio, passando de 33,56 por mil (33,56 nascidos mortos por mil nascidos vivos) em 1998, para 23,59 por mil em 2008, ou seja, caiu em quase 30% em um prazo de 10 anos, segundo mostra a Síntese de Indicadores Sociais divulgada hoje pelo IBGE. Em 2008, o Rio Grande do Sul foi o Estado que registrou a menor taxa de mortalidade infantil (13,10 por mil) e Alagoas, com 48,20 por mil, apresentou a mais elevada.

Agência Estado |

A Síntese trouxe informações da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a mortalidade infantil na América Latina e Caribe, com destaque para Cuba (5,1 nascidos mortos por mil nascidos vivos) e Chile (7,2 por mil), entre as menores taxas, e Bolívia (45,6) e Haiti (62,4), entre as maiores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG