Um jornalista da região russa do Daguestão (Cáucaso) morreu nesta quarta-feira em um hospital depois de ter sido baleado na véspera, informou a agência russa Interfax.

Abdullah Alichaiev faleceu no hospital central da república do Daguestão, anunciou a polícia local.

Alichaiev foi baleado na cabeça e nas costas por dois homens armados com uma pistola semi-automática. Ele foi operado, mas não resistiu aos ferimentos.

O assassinato aconteceu em meio a um aumento da violência nesta região do Cáucaso, com destaque para o homicídio no domingo de um jornalista de oposição na Inguchétia, Magomed Evloiev.

dt-bfi/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.