NOVA YORK ¿ O dramaturgo e roteirista de Hollywood Horton Foote, duas vezes premiado com o Oscar e que chegou a ser comparado ao russo Anton Tchécov, morreu ontem em Hartford, no estado de Connecticut, aos 92 anos, informou a imprensa local.

Apesar da idade, Foote, texano estabelecido em Los Angeles, seguia em atividade e estava em Hartford para assessorar a publicação de uma série de suas obras.

Foote foi premiado com o Oscar em 1963 pelo roteiro que levou ao cinema o romance de Harper Lee "O sol é para todos" ("To kill a mockingbird"), através do filme homônimo.

O escritor levou outra estatueta, 20 anos mais tarde, pelo roteiro de "A força do carinho", filme que teve como protagonista Robert Duvall.

Ao saber da morte de Foote, Duvall disse ao diário "The New York Times" que "a voz de Horton era a grande voz americana. Era própria de seu estado ou região de origem, mas também universal".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.